A inspiradora história de Rayland – uma criança transgênera

Screen Shot 2014-05-30 at 8.23.21 PM

Publicado nessa semana,  o vídeo “The Whittington Family: Ryland’s Story” conta a história de Ryland Whittington, uma criança saudável, bonita e feliz de San Diego, Estados Unidos. Após os primeiros anos de idade seus pais descobriram que ela não era capaz de ouvir. Então, Rayland passou por um implante coclear — um procedimento cirúrgico que insere um dispositivo tecnológico para estimular as fibras nervosas do ouvido — e aos poucos começou a aprender a ouvir e falar. Mas ao começar a se expressar, Rayland disse aos pais: “I am a boy” (eu sou um menino).

Screen Shot 2014-05-30 at 8.24.35 PM

Screen Shot 2014-05-30 at 8.22.41 PM

Screen Shot 2014-05-30 at 8.24.25 PM

Screen Shot 2014-05-30 at 8.24.13 PM

Jeff e Hillary, despreparados para lidar com a novidade, acharam que era só uma fase que iria passar. Mas, aos 5 anos de idade, Rayland passou a rejeitar tudo o que estivesse relacionado ao universo feminino. O estopim para a mudança foi quando ele começou a questionar “por que Deus me fez assim?” e disse que quando seus familiares morressem, ele poderia cortar o cabelo e ser um menino. A família decidiu, então buscar ajuda profissional e passou a pesquisar sobre a identidade de gênero de crianças. Então eles descobriram que Ryland é transgênero. Ou seja: por mais que tenha um corpo feminino, Rayland se identifica e se enxerga como um menino.

Screen Shot 2014-05-30 at 8.23.11 PM

Screen Shot 2014-05-30 at 8.23.38 PM

A pesquisa também revelou que 41% das pessoas transgêneras tentam cometer suicídio por terem muita dificuldade de serem aceitos socialmente. Decididos a não correr esse risco, Jeff e Hillary Whittington, que  também têm uma filha mais nova, abraçaram a “nova” identidade de seu filho e permitiram que Rayland fizesse a transição do universo feminino para o masculino. A mudança das roupas, dos brinquedos e da decoração do quarto foram apenas algumas das alterações.

Screen Shot 2014-05-30 at 8.25.46 PM

Os pais de Rayland precisaram se adaptar a se referir a ele no gênero masculino. Após a transição, muitos amigos e familiares decidiram virar as costas para a família por serem contra toda a situação. Mas os pais de Rayland afirmam que “a identidade de gênero de Ryland não foi provocada pelo nosso jeito de criá-lo, nossa estrutura familiar ou fatores ambientais”. Ou seja: ele nasceu assim! <3

Screen Shot 2014-05-30 at 8.26.16 PM

Screen Shot 2014-05-30 at 8.25.27 PM

Screen Shot 2014-05-30 at 8.25.39 PM

 

Na última semana, a família foi homenageada no 6º Harvey Milk Diversity Breakfast e recebeu o Prêmio Inspiração após exibir o vídeo em que mostra a transição do filho Ryland de menina para menino. No evento, o garoto subiu ao palco usando terno e gravata e leu um anúncio ao público: “Meu nome é Ryland Whittington. Eu sou uma criança transgênera”.

Screen Shot 2014-05-30 at 8.26.03 PM

Screen Shot 2014-05-30 at 8.25.07 PM

 

Assista ao vídeo!

Essa é, definitivamente, uma linda história de amor e tolerância.

Fotos: Reprodução / Youtube / The Whittington Family

 

+ Update! Dois ótimos documentários sobre crianças transgêneras

 

More about marinaknobl

Mari tem 24 anos, mora em São Paulo e é jornalista – mas às vezes pega uns freelas de design. É pisciana, palmeirense e apaixonada por comida japonesa. Adora gatos, The Sims e Milkshake, não necessariamente nessa ordem.